Novembro Azul: um mês inteiro de campanha contra o câncer de próstata # Hoje é sexta-feira, 24 de novembro, dia do Quadro de oficiais da Marinha do Brail # O Grêmio sai na frente na disputa pela Taça Libertadores ao derrotar de 1x0 o Lanus da Argentina na primeira partida da decisão.
osvaldo rocha cargas e cais propaganda2 humberto gomes
HOME
Entrevista
 Ogmo/itaqui
Syngamar
 Agencias Marítimas
Soamar MA
Fotos & Imagens
Empresas
Dicas/Serviços
Capitania dos Portos do Maranhão
The best of web
Fale conosco


Vale
 Alumar
Itaqui
 Cargas
 Todos os portos
 Cartas Náuticas

Osvaldo Rocha
José Oliveira
 Herbert Santos
Telex/Aniversários
 Humor
Ponto de Vista

Noticias
 Legislação

Aniversário Alumar
 Carta Pero Vaz
 São Luis 405 anos
 Copa 2014
 Copa Confederações
 O Trem da Vale
Museu da Soamar

Pratimar
Petrobras
Portal Exportador
Banco Central
Receita Federal
Marinha do Brasil
Capitania Maranhão
Conapra
Policia Federal
Obra Prima CE











 

 

RESUMO HISTÓRICO DA ORIGEM DO PORTO DO ITAQUI

Estudos do Departamento Nacional de Portos e Navegação, do Ministério da Viação e Obras Públicas, realizados em 1939, indicaram a região de Itaqui para a implantação de um novo porto no Maranhão. Isso ocorreu após serem abandonadas as tentativas de construção de instalações para acostagem unidas ao centro comercial da cidade de São Luís, previstas no Decreto nº 13.133, de 7 de agosto de 1918, e definidas na concessão outorgada pela União ao governo estadual, pelo Decreto nº 13.270, de 6 de novembro do mesmo ano. Tal construção, embora com a execução contratada à empresa C.H. Walker & Co. Ltda., não prosperou. Pelo Decreto nº 16.108, de 31 de julho de 1923, a aludida concessão foi extinta, surgindo, então, o desenvolvimento do projeto para Itaqui. As obras em Itaqui, tiveram início em 1960, sob a gestão do Departamento Nacional de Portos Rios e Canais - DNPRC, transformado em autarquia em abril de 1963, com a denominação de Departamento Nacional de Portos e Vias Navegáveis - DNPVN que deu prosseguimento as obras de construção do porto. Em 28 de dezembro de 1973, foi então criada Companhia Docas do Maranhão - Codomar, para administrar as novas instalações, isto é, um cais com 637 m de extensão, entregue ao tráfego em 4 de julho de 1974. Finalmente, através do Convênio de Delegação entre a União e o Estado do Maranhão, com a interveniência da Companhia Docas do Maranhão - Codomar, de 30 de novembro de 2000, foi criada a Empresa Maranhense de Administração Portuária - EMAP, empresa estatal, para administrar e explorar o porto de Itaqui, o cais de São José do Ribamar e os terminais de Ferry-Boat, da Ponta da Espera e do Cujupe.

ADMINISTRAÇÃO: EMPRESA MARANHENSE DE ADMINISTRAÇÃO PORTUÁRIA - EMAP

O porto é administrado pela Empresa Maranhense de Administração Portuária - EMAP. Situa-se na baía de São Marcos, no município de São Luís (MA), próximo ao limite da Região Nordeste. Os acessos são feitos via rodoviária pela BR-135, que encontra a BR-222 a 95 km de Itaqui. Também através da Malha Nordeste e Estrada de Ferro Carajás, pela Companhia Ferroviária do Nordeste S.A. (CFN) e VALE S.A. Via fluvial o acesso é feito através dos rios Mearim, Pindaré, dos Cachorros e Grajaú, limitados pelas pequenas profundidades. O canal de acesso oferece profundidade natural mínima de 23 m e largura aproximada de 1,8 km.

LOCALIZAÇÃO DO PORTO DO ITAQUI

EMPRESA MARANHENSE DE ADMINISTRAÇÃO PORTUÁRIA - EMAP
Av. dos Portugueses, s/n - CEP: 65085-370 – Itaqui - São Luís (MA) - Tel.: (98) 3216-6000 - Telefax: (98) 3216-6060
E-mail: itaqui@emap.ma.gob.br - www.portodoitaqui.ma.gov.br

FONTE: