Hoje é segunda-feira, 15 de outubro de 2018, dia do Normalista e dia do Professor # O Palmeiras venceu o Grêmio de Porto Alegre por 2x0 e se manteve na liderança do Brasileirão que tem um novo vice: o Internacional, graça a sua vitória de 3x1 diante do São Paulo.
humberto gomes osvaldo rocha orizon supplier propaganda2
HOME
Entrevista
 Ogmo/itaqui
Syngamar
Telex/Aniversários
 Agencias Marítimas
Soamar MA
Fotos & Imagens
Empresas
Dicas/Serviços
Capitania dos Portos do Maranhão
The best of web
Fale conosco


Vale
 Alumar
Itaqui
 Cargas
 Todos os portos
 Cartas Náuticas

Osvaldo Rocha
José Oliveira
 Herbert Santos
Telex/Aniversários
 Humor
Ponto de Vista

Noticias
 Legislação

Aniversário Alumar
 Carta Pero Vaz
 Dia do Portuário
 BP Changri-lá
 Nosso Papai Noel
 São Luis 406 anos
 Copa 2014
 C. Confederações
 O Trem da Vale
Museu da Soamar

Pratimar
Petrobras
Portal Exportador
Banco Central
Receita Federal
Marinha do Brasil
Capitania Maranhão
Conapra
Policia Federal
Obra Prima CE











Palavras do Vice-Almirante Edervaldo

VA Edervaldo Teixeira de Abreu Filho
Comandante do Quarto Distrito Naval


Após cerca de dois anos de intensas e proveitosas atividades no exercício do cargo de Capitão dos Portos do Maranhão, despede-se hoje o Capitão de Mar e Guerra ANDRE LUIZ TRINDADE GOMES.
Ressalto que o período de seu comando foi marcado pela lealdade, dedicação ao serviço, entusiasmo, serenidade, inteligência e, sobretudo, o empreendedorismo nas ações e novas idéias para alavancar as atividades dessa importantíssima Organização Militar subordinada ao Comando do 4º Distrito Naval, que tem a responsabilidade, entre outras principais e subsidiárias afetas à Marinha do Brasil, de prover a segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana e prevenção da poluição hídrica em sua área de jurisdição.

Nesse contexto, muitas foram às realizações de seu comando, as quais destaco:

- a recuperação do prédio do auditório do EPM, triplicando a capacidade de alunos;

- o recebimento de uma moto aquática;

- o recebimento de duas Embarcações de Casco Semi Rígido;

- a implementação de cursos de moço de máquinas e de moço de convés na jurisdição da CPMA, com a formação de sessenta novos aquaviários;

- a aquisição de novos geradores para os faróis; e

- a implementação da gestão de pessoal por competência e de boas práticas na melhoria de processos da CPMA.

É mister citar sua importante participação no aumento exponencial das relações institucionais da nossa força com a comunidade marítima maranhense e autoridades civis e militares do Estado em todas as esferas dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário Federal e Estadual.
Comandante TRINDADE, reconheço seu orgulho e brilho nos olhos ao sempre tornar público a enorme realização profissional em estar à frente desta centenária e histórica Capitania dos Portos, porém é hora de deixar o nosso convívio para realizar o Curso de Política e Estratégias Marítimas (C-PEM), na Escola de Guerra Naval, no RJ, e em seguida, no ano de 2019, como mais um reconhecimento da Alta Administração Naval por sua dedicação à carreira, exercer o almejado cargo de Adido Naval na Argentina.

Assim, lhe externo os meus sinceros agradecimentos pelos resultados alcançados, por sua liderança e assessoramento leal e eficiente, formulando votos de felicidades pessoais e continuado sucesso, extensivos à sua esposa CRISTINA e aos seus filhos FELIPE e MARINA.

Que Deus o guie. Bons ventos e mares tranqüilos!

BRAVO ZULU!
TUDO PELA PÁTRIA!
VIVA A MARINHA!

4 – BOAS-VINDAS

Ao Capitão de Mar e Guerra MÁRCIO RAMALHO DUTRA E MELLO, apresento as boas-vindas, com a certeza de que as qualidades morais e profissionais que o levaram a ser escolhido pelo Comandante da Marinha para tão nobre e honroso Comando, o credenciam para a condução com pleno êxito do cargo que ora assume.

QUE DEUS LHE DÊ SABEDORIA, FORTALEZA E PERSEVERANÇA PARA CUMPRIR ESSA PRAZEROSA, PORÉM ÁRDUA, MISSÃO!

***********************

Palavras de despedidas do Comandante Trindade


CMG André Luiz Trindade Gomes
Capitão dos Portos do Maranhão (
exonerado)


Neste momento em que me despeço, dentre os sentimentos em mim presentes, o que se apresenta em sua plenitude é o da gratidão. Após dois anos de desafios, vitórias e conquistas pessoais e profissionais, só me resta agradecer.

Primeiramente a Deus Pai e São José de Ribamar, padroeiro desta amada terra, pelas bênçãos e proteção diuturna, não só dos membros desta Organização Militar, mas de todos os navegantes das nossas águas.

Aos Vice-Almirantes Alípio Jorge Rodrigues da Silva e Edervaldo Teixeira de Abreu Filho, meus Comandantes, pelas orientações precisas, atenção e apoio que sempre dispensaram a mim e a esta Capitania.

Ao Estado-Maior do Comando do 4º Distrito Naval, pela amizade e trato fácil. Vocês são muito importantes para o sucesso da nossa Organização. Em especial, cito o MMG Dionísio, Chefe do Estado Maior, o Assistente do Senhor Almirante, CC Adalto; o CF Ferreira, Encarregado da Seção de Logística, e sua equipe; o CC Calandrine, Encarregado do Setor Jurídico, e sua brilhante equipe e o CMG Luiz Alberto, Assessor de Relações Institucionais.

As demais Organizações Militares do 4º Distrito Naval, com destaque para o Hospital Naval de Belém, para o Centro de Intendência, para o Centro de Instrução e Adestramento Almirante Braz de Aguiar, para o Grupamento de Patrulha Naval do Norte e para o Centro de Hidrografia e Navegação do Norte, agradeço a amizade, a união e o profissionalismo.

Nenhum de nós é tão bom quanto todos nós juntos!

Aos amigos das demais Forças Armadas, da Polícia Federal, das Polícias Militar e Civil do Maranhão, do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, da Guarda Municipal de São Luís, da Consultoria Jurídica da União e da Advocacia Geral da União do Maranhão, bem como dos demais órgãos federais, estaduais e municipais, do Executivo, do Legislativo e do Judiciário, agradeço a amizade e parceria nas atuações conjuntas e nos momentos de lazer e convívio harmonioso. Sem dúvida, vocês são extremamente profissionais, amigos e importantes para a nossa Organização.

Aos meus ajudantes, CF Rebelo e CF Jefferson e a todos os Oficiais que compuseram e compõem esta Capitania, agradeço o trabalho profissional e incansável, além da assessoria precisa e segura, fundamentais para o nosso sucesso. O trabalho diuturno de vocês é fundamental para a nossa organização.

A minha querida mãe Edith e ao meu saudoso pai Serafim, agradeço, mais uma vez, o incentivo aos meus sonhos, a dedicação e o amor incondicional. Sem vocês, nada seria possível.
A minha amada esposa Cristina e aos meus filhos Felipe e Marina, agradeço o agradável e reconfortante convívio diário, o apoio incondicional e a cumplicidade. Vocês são a razão de ser da minha vida. Obrigado por existirem e me fazerem feliz!

Minha tripulação, aguerridos marinheiros e valentes marinheiras, com vocês vivir momentos intensos, traduzidos no esmero em que conduziram cada tarefa nestes dois anos de Comando. BRAVO ZULU! Agora, deixo de ser seu Comandante, mas continuo sendo amigo. Contem sempre comigo.

Dos amigos da comunidade marítima ludovicense e da Sociedade de Amigos da Marinha que aqui surgiram, para os quais evito citar nomes para não me prolongar demasiadamente e mão cometer injustiça do esquecimento de algum, despeço-me já com muita saudade. Os agradáveis momentos de lazer e amizade foram o combustível para o dia a dia de trabalho intenso. Como disse, seria injusta a citação nominal, pois estas folhas seriam poucas. Vocês receberam a minha família de braços e corações abertos e nos acolheram com o carinho da gente querida desta abençoada “Ilha do Amor”; Muito obrigado por tudo.

Desta “terra das palmeiras”, levo na mente e no coração a brisa dos ventos alísios, a intensidade das marés, o ritmo do reggae, a batida das matracas e do tambor de crioulas e o bailar dos bois; o gosto doce do Guaraná Jesus, a linda imagem do por do sol no horizonte de Alcântara e a amizade desta gente, que me proporcionou momentos maravilhosos e inesquecíveis.

Por fim, cito que a nomeação do Comandante Dutra, amigo da Aviação Naval, para assumir este honroso cargo foi recebida por mim com enorme satisfação e entusiasmo. A sapiência da Marinha na escolha representa, também, sorte para a Capitania e a comunidade local, pois muito o admiro por sua simplicidade, personalidade e entusiasmo. Com toda certeza, seu Comando será repleto de felicidade e de realizações.

Que nosso Senhor Deus e nosso padroeiro o abençoem e a sua linda família. Bons Ventos e mares tranqüilos!

Viva a Marinha!
Viva o Brasil!
Viva o Maranhão!

***********************

Palavras do Comandante Dutra


CMG Marcio Ramalho Dutra e Melo
Capitão dos Portos do Maranhão (
empossado)

Este entardecer ficará para sempre em minha vida como um momento de júbilo, orgulho e realização pessoal e profissional, em que inicio minha jornada no Comando da nossa Capitania dos Portos do Maranhão, quero iniciar agradecendo a sociedade maranhense, razão de ser da existência desta capitania. E, em segundo lugar, mas não menos importante, a minha tripulação, por serem os agentes de nosso árduo trabalho.

A todos os presentes, autoridades da esfera federal, estadual e municipal, do poder Executivo, Legislativo e Judiciário, Agentes de Navegação, representantes da autoridade portuária e dos portos de uso privado, praticagem, da querida Sociedade dos Amigos da Marinha do Brasil e do Maranhão, eminentes cidadãos da já querida sociedade maranhense. Nossa Capitania, criada ainda no segundo Império, em 1846, nasceu com uma grande quantidade de tarefas que hoje são suportadas em três pilares: a segurança da navegação, a prevenção da poluição ambiental por parte de embarcações e, o que considero de maior importância uma vez que se trata de valor imensurável, a salvaguarda da vida humana.
Somos um país de proporções continentais com uma costa com mais e sete mil km de extensão, e uma zona econômica exclusiva que compreende uma área quase a metade do nosso território, pelo qual conhecemos hoje como a nossa Amazônia Azul, devido a sua riqueza e elevado potencial econômico, similares a já conhecida Amazônia Verde. No que diz respeito ao nosso Maranhão, somos o segundo maior litoral dentre os estados da Federação, possuímos 1721 km de rios navegáveis e um complexo portuário que ultrapassou 200 milhões de toneladas em cargas das mais diversas na sua movimentação no ano passado, representando 1/5 da movimentação portuária do nosso país.

Sendo assim, sabendo que o modal marítimo responde por 98% do comércio mundial, tenho a perfeita noção da enorme responsabilidade inerente ao cargo que ao assumo, tendo em vista a grandiosidade e a importância do Estado do Maranhão pela sua incontestável vocação para o mar e sua importância para o Brasil. Em contra partida, desprovido de qualquer soberba ou vaidade, me sinto extremamente motivado para enfrentar os desafios que surgirem.
Nesse sentido, conto com a compreensão e apoio de todos os senhores e senhoras para com nossas atividades, pois juntos conseguiremos alinhar os vetores que conduzirão para uma mesma direção e com força máxima, as cousas dos rios e mar do nosso Maranhão.

Nossa Capitania não mediará esforços para cumprir sua grandiosa missão. Trabalharemos dia e noite para melhoria dos nossos processos e aumento de eficiência pautada sempre nos princípios de legalidade, moralidade e impessiolidade.

A Marinha é do povo brasileiro. Nossa Capitania é do povo maranhense.

Quero agora me dirigir a minha tripulação, militares e servidores vivis, homens e mulheres da nossa Capitania, força motriz que movimenta a roda incessante de tarefas do nosso dia a dia. Mas antes, é preciso conhecer seu Comandante. E só se conhece um homem conhecendo sua história, sendo essencial agradecer a todos que contribuíram para a construção dos valores e crenças que formam a minha personalidade.

Os bons exemplos me foram transmitidos, ainda na infância e adolescência, pelo meu pai Celino e minha mãe Angela, dedicados em minha formação moral e incansáveis em minha educação. Conseguiram incutir a solidariedade, respeito, altruísmo, preocupação com o próximo – base necessária para o amor.

A minha mãe, agradeço o cuidado em me preparar para este mundo repleto de dificuldades. Aos meus irmãos, a fraterna amizade em que pese às tempestades enfrentadas. Ao meu saudoso pai, rogo que receba esta mensagem e que sinta o amor eterno que dedico a você. Me esforço todo dia por ser um pai amoroso e dedicado como foi o senhor.

Pouco a pouco cresceu em mim o desejo de ingressar na carreira militar, pois seus valores se alinhavam aos meus. Assim, em 1991, aos 18 anos de idade, conseguir realizar este sonho, e ingressei nos portões da Ilha de Villegagnon, ombreando com meus amigos da Turma Almirante Wandenkolk. Com eles aprendi que na Marinha nunca estamos sozinhos e desamparados, que as tempestades não duram para sempre. Que o valor e cooperação é muito mais forte que a competição. A vitória de vocês, meus amigos de turma, é comemorada sempre por mim. E a minha vitória é também dedicada a vocês.

Ainda como segundo-tenente, quis o bom Deus que eu fosse, em 1997, para a minha querida São Pedro da Aldeia, carinhosamente conhecida como Macega, onde iniciei meu curso de Aviador Naval, atividade que exerci por 20 anos. Neste tempo, pude conviver com oficiais e praças destemidos e dedicados, verdadeiros exemplos de amor pela atividade que realizavam. Pude aprender com cada Comandante que tive os valores da lealdade e honradez. Seus bons exemplos foram fundamentais para a construção do oficial e militar que sou hoje. Com cada oficial que ombreava o espírito de corpo e a camaradagem me serviram de inspiração. E com cada praça, o perfeito entendimento que é necessário estarmos juntos no combate, porque só se consegue liderar pelo exemplo. Agradeço a cada um deles pelas diversas missões que me passaram.

Também é imperioso agradecer a minha amada esposa Carla, que me ajudou a construir por 19 anos, portanto, quase o tempo total em São Pedro da Aldeia, o nosso lar e nossa família.
Você é meu grande amor, e a admiro cada vez mais como mulher, amiga, companheira e amante. Espero poder retribuir toda a sua dedicação, zelo e desprendimento. Sei que você s esforça a cada dia para nos manter unido. E assim será sempre porque nos amamos verdadeiramente. Te amo. Você me deu os meus dois maiores presentes, nossos filhos, Bárbara e Gabriel, seres luminosos que clareiam o ambiente onde passam. Amo vocês meus filhos e tenho muito orgulho de ser seu pai. Tenho a certeza que seremos muito felizes na Terra das Palmeiras.

Vinte e sete anos se passaram, desde meu ingresso na Marinha, e aqui estou. Fui nomeado pelo Comandante da Marinha, Exmo. Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, a quem dirijo meu agradecimento pela confiança em mim depositada. Comprometo-me a Alta Administração Naval, por acreditar que eu possuo as competências necessárias ao cago que acabo de assumir. Em especial, reforço meu compromisso com meu Comandante Imediatamente Superior, Exmo. Senhor Vice-Almirante Edervaldo Teixeira de Abreu Filho e seu Estado Maior, em ser um assessor leal e verdadeiro, buscando sempre soluções para os nossos problemas de hoje, com visão de futuro para o crescimento da nossa Marinha. Farei tudo ao meu alcance para bem representar nossa Instituição aqui no Maranhão.

Tenho uma enorme responsabilidade em substituir meu grande amigo Capitão de Mar e Guerra André Trindade Gomes. Pude constatar como você é querido por todos, como não poderia ser diferente, conhecendo seu caráter, e lealdade para com todos, bom humor e espírito agregador. Agradeço enormemente a maneira como sua família nos recebeu. Deus iluminará sempre você, a Cristina, o Felipe e a pequena Marina. Porque vocês são pessoas especiais. Desejo a vocês muita união, paz e sucesso em toda sua caminhada.

E eis que agora é momento de nortear a voga aos meus liderados aqui perfilados. Os senhores e senhoras terão um Comandante que conhece bem suas limitações. Que é aprendiz nessa jornada complexa chamada vida. Que sabe ouvir, se desculpar, receber. Que tem bom humor e se aproxima de todos em todas as tarefas mas que é capaz de repreende-los caso necessário. Que é justo, portanto não se apega a interesses pessoais, a não ser que coadunem com os interesses institucionais. Saiba que estou aqui para servir a Marinha do Brasil e ao meu país.

Estarei à frente em todas as demandas que chegarem à nossa Capitania, de maneira que tenhamos rápida solução para os diversos problemas que se apresentarem. Teremos, juntos, que aproveitar as oportunidades e sobrepujar os desafios. Tenho a convicção que estou diante de um grupo extremamente profissional, experiente, unido e motivado. Com vocês, tenha a certeza inabalável que não haverá solidão no Comando e que conduziremos nossa Capitania em timão firme, rumando sempre para o sucesso.

Minha tripulação, exorto-os a seguirem o caminho do bem, como vem fazendo, transmitindo a solidez ética e moral de nossa instituição. Somente assim conseguiremos construir um país melhor. Estarei sempre próximo dos senhores.

Por fim, rogo a Deus que abençoe o meu Comando e a nossa Capitania.

Que São José de Ribamar, nosso padroeiro, nos abençoe e cuide de nós, como fez ao menino Jesus. Que segure em nossas mãos sempre que estivermos em mar revoltoso. Que abençoe nossa Capitania e todo povo maranhense.

Viva o Maranhão!

Brasil acima de tudo!